O MANIQUEÍSMO EM NOSSAS VIDAS

O MANIQUEÍSMO EM NOSSAS VIDAS

Livro do médico Psiquiatra Jorge Salton será lançado neste dia 15 de agosto em Porto Alegre.

Nosso país está cindido em dois. Não só os políticos, mas a população e em especial os usuários das redes sociais compõem hoje bandos de “descons-trução” uns dos outros. Observado em relacionamentos afetivos, na política, na história, em doenças mentais, em ideologias leigas e religiosas, o maniqueísmo está muito presente em nossas vidas. Encontramos ele nas pessoas que estão a nossa volta e, inclusive, em nós mesmos.

Desejando contribuir com a compreensão desse fenômeno tão atual e potencialmente perigoso – a antessala da maldade - escrevi o livro O MANIQUEÍSMO EM NOSSAS VIDAS. A bondade dos maus, a maldade dos bons.

Guido Palomba, reconhecido psiquiatria forense de São Paulo, leu os originais: "A leitura do livro prende a nossa atenção, de modo especial desperta a curiosidade do leitor para ver como o autor desenvolve as suas idéias, com inteligência e cultura, a fim de mostrar que o sinal patognomônico da maldade é o pensar maniqueísta. E é".

André Petry, editor especial da Revista Veja: “Nestes tempos saturados de um maniqueísmo brutal, o livro de Salton é uma lufada de ar puro. Com exemplos extraídos de pequenos dramas do cotidiano ou de grandes catástrofes históricas, o autor demonstra exaustivamente que somos todos banhados pelos dois jarros de Zeus. E não deixa dúvidas de que a vida seria tão mais plena se todos entendêssemos isso”.

Examinei a forma de pensar de algumas personagens da história como Nero, Hitler, Goering, Himmler, Eichman, Stálin, Trumam, Tibbets, Sweeney, Duch, Assad e Shin Don-Hiuk. Também: Kofi Annan, Vasili e Jango.

A biografia de Heinrich Himmler, por exemplo, traz luz ao fenômeno aterrador de um bom pai – até hoje sua filha Gudrun o defende – ser um dos piores homens que a humanidade já produziu.

​ Devido a uma série de fatores - o livro os disseca - somos vulneráveis ao maniqueísmo. Para superá-lo, precisamos refletir sobre seus sete componentes principais descritos ao longo do texto.

Um dia ou outro, todos vamos a Porto Alegre e damos uma passada na Livraria Cultura do Bourbon Country. Deixe para fazê-lo no sábado, dia 15 de agosto, entre 13:30 e 15:45h horas. Estarei lá autografando O MANIQUEÍSMO EM NOSSAS VIDAS, livro lançado pela Editora Movimento de Porto Alegre que tem como editor Carlos Appel.